Projeto “O Perfil da Pessoa Idosa no Cadastro Único de Santiago”, foi aprovado em edital da SAS

20/11/2023 14h46min

A pesquisa vai analisar as potencialidades e vulnerabilidades dos idosos cadastrados no programa Cadastro Único de Santiago.

O processo de envelhecimento faz parte da vida de todo ser humano, no entanto ele não ocorre da mesma forma para todos. Seguindo a tendência mundial e pesquisas atuais, esse processo tende a ocorrer de maneira mais intensa e, caso não tenha o devido cuidado e atenção, poderá causar danos aos idosos. Diante disso, a Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Câmpus de Santiago, por meio do Polo de Modernização Tecnológica do Vale do Jaguari (PMTVJ), aprovou o projeto de pesquisa, na área de inovação social, “O Perfil da Pessoa Idosa no Cadastro Único de Santiago”, no Edital FUNEPI, da Secretaria de Assistência Social (SAS), do Rio Grande do Sul.

A proposta foi desenvolvida pelo Curso de Psicologia, em conjunto com o Curso de Direito e Enfermagem da Universidade. Além de receber apoio da Prefeitura Municipal de Santiago, através da Secretaria de Desenvolvimento Social do município.

Com o objetivo de analisar o perfil de pessoas idosas no Cadastro Único (CadÚnico) de Santiago, o projeto irá considerar as suas vulnerabilidades e potencialidades. Para isso, será necessário realizar um levantamento da caracterização sociodemográfica das pessoas idosas do município, para então, no segundo momento, pontuar os eventuais elementos a serem tratados, numa relação de promoção e alcance das políticas públicas.

Desse modo, vão ser analisados os dados do CadÚnico da Secretaria Municipal de Assistência Social de Santiago, no período de 2023. Na sequência, após a avaliação, o processo de entrevistas será iniciado.

O projeto vai atender a territorialização existente no atendimento para a proteção social básica, em Santiago, com base na abrangência dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), como:

  • CRAS Delci Viero Ruivo: atende os bairros Atalaia, Guabiroba, Missões, Vila Nova, Vila Rica e Vista Alegre;
  • CRAS Vó Ângela: atende os bairros Ana Bonato, Céu Aberto, Gaspar Dutra, Lulu Genro, Monsenhor Assis, Riachuelo e São Jorge.
  • CRAS Nery: atende os bairros Carlos Humberto, Daer, Eletricitários, Irmã Dulce, Jardim dos Eucaliptos, João Goulart, Nei Pereira e Santiago Pompeo.
  • Equipe Volante CRAS Vó Ângela: atende os bairros Alto da Boa Vista, Belizário, Castilhos, Centro, Itú, Jardim das Paineiras, João Evangelista, Maria Alice Gomes, São Vicente, Zamperetti e zona rural.

Sob coordenação do Professor e Coordenador do Curso de Psicologia da URI Santiago, Profº Izaque Ribeiro, o projeto visa acessar e levantar os dados do perfil da pessoa idosa no CadÚnico, compreendido no período de  2023 e 2024, além de analisar os pontos positivos e negativos dos inscritos no programa.

- Acredito que a URI Santiago poderá contribuir muito nesse processo, pois é um projeto que irá fomentar ainda mais os espaços e as práticas compostas pela Assistência Social, com foco para a pessoa idosa - enfatiza o coordenador, Profº Izaque.

O coordenador do projeto, ainda, expõe que os resultados das pesquisas demográficas atuais apontam, nas últimas décadas, a existência de um crescente no ambiente da longevidade populacional. Porém, que se contrapõem aos baixos números de natalidade do país, tornando o Brasil um país que envelhece em grande velocidade.

- Diante desses fatores e entre outros, que serão obtidos durante a execução do projeto, é que demonstra a pertinência desse estudo. Assim, iremos aprimorar as políticas públicas existentes, para este eixo etário populacional, que são as pessoas idosas -, conclui o coordenador.

Ainda, conforme o Gestor do Polo de Modernização Tecnológica do Vale do Jaguari (PMTVJ), Professor Higor Machado de Freitas, a importância da pesquisa irá considerar a realidade dos idosos, cadastrados no CADÚnico.

- É inestimável para a região, uma vez que pode sinalizar a necessidade de construção de Políticas Públicas embasadas na perspectiva regional, considerando, inclusive, atingir os objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS-ONU), os quais promovem a melhoria da qualidade de vida de todas as pessoas -, ressalta o gestor do PMTVJ.

Sendo assim, pretende-se obter um panorama geral a respeito dos processos de vulnerabilidade e potencialidade de pessoas idosas, tendo como base o CadÚnico. Além de contribuir na resolução de problemas, buscando resultados positivos, em razão do acesso às políticas sociais.

 

Edital FUNEPI

Constituído pelo estado do Rio Grande do Sul, por meio da Secretaria de Assistência Social (SAS), o edital consiste em selecionar propostas técnicas apresentadas por organizações da sociedade civil, com intuito de firmar Termo de Colaboração com a entidade e por meio de parceria, executar projetos voltados à pesquisa científica, capacitação e formação de pessoas idosas e da Rede de Atenção à Pessoa Idosa.


Fonte: Núcleo de Comunicação






Postagens Relacionados

Curso de Cooperativismo na Produção de Etanol ocorre na próxima semana

06/12/2023 13h44min

PMTVJ através do projeto Química Verde oportuniza dois Cursos profissionalizantes

30/11/2023 00h49min

Projeto que fortalece a cadeia produtiva da apicultura obtém resultados positivos

22/11/2023 19h06min

Projeto “Ateliê Miguelina” foi aprovado em edital da SAS

20/11/2023 14h52min

DNA comunitário: URI participa de projeto para aumentar capacidade de armazenamento da barragem de Santiago

31/05/2021 16h32min

URI Santiago classifica projetos

14/09/2016 11h27min



Cursos

Acesso rápido

Inscrições online





Avenida Batista Bonoto Sobrinho, 733
Santiago/RS - 97711-500
Fones: 0xx55 3251-3151 / 3251-3157


2024 Núcleo de Tecnologia da Informação - URI Câmpus Santiago